Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Happy Soul☮

New Year's

Se para mim 2012 foi um ano neutro, em que não aconteceu nada de bom ou mau a salientar, já 2013 não foi bem assim. 2013 começou da melhor forma, conheci pessoas maravilhosas, diverti-me imenso, viajei por sítios novos, terminei o 12º, consegui entrar na faculdade, passei no exame de código e acima de tudo aprendi grandes lições de vida. Apesar de todas estas coisas boas também aconteceram algumas menos boas, tive amigos meus a abandonar o país à procura de novas oportunidades, pessoas que entraram este ano na minha vida também saíram (com muita pena minha) e também tive alguns problemas de saúde. Com tudo isto só posso dizer que este ano foi fantástico, faz parte de um dos melhores. Noto que cresci muito em vários aspetos e que aprendi tantas, mas tantas coisas que irão ser-me muito úteis. 

Espero que 2014 traga-me coisas muito boas e maravilhosas. Quero desejar-vos um excelente 2014, recheado de muita saúde e muito amor. Que consigam alcançar os vossos objetivos e que acima de tudo lutem por eles. Que levem para 2014 as coisas boas de 2013 e que não se esqueçam do que aprenderam este ano.

Acima de tudo, desejo-vos um excelente ano!

i´m back

Sei que nestes tempos não tenho dado grandes novidades por aqui e que os posts têm sido escassos ou nenhuns. Mas isto de ser preguiçosa e ter andado com uns problemas fez-me ficar longe daqui. Por isso mesmo prometo dedicar-me mais ao Happy Soul porque ele bem merece.

Tenho a dizer-vos que nestes últimos tempos muitas coisas têm mudado, não só na minha vida, mas também em mim. E algumas dessas mudanças até podem ler aqui, as outras irei contar brevemente. 

DIY: Porta Lápis

Neste post falei-vos dum projeto que iria dar inicio no blog, que consiste em mostrar-vos vários DIY's que eu costumo realizar. E o primeiro DIY que aqui trago-vos é de um porta lápis, mas que também podem utilizar como porta velas. O projeto em si é bem simples, apenas têm de dar asas à vossa criatividade para o tornarem mais do vosso agrado. Por isso bora lá colocar mãos à obra!

stay in peace

Sempre fui aquele tipo de pessoas que se deprimia com situações do passado e ficava ansiosa com o que poderia acontecer no futuro. Isto porque não soube viver somente no presente, acabava muitas das vezes por viver no passado e no futuro. Deixando de lado o presente, como se fosse algo que não merecesse importância da minha parte. Para mim, o presente era considerado algo sem interesse e demasiado aborrecido. 

Mas, felizmente ou infelizmente, ocorreram situações que fizeram mudar a minha perspetiva em relação a este assunto. Não sei dizer em concreto o que fez-me mudar, acho que foi todo um conjunto de coisas que conseguiu fazer isso. 

A maioria de todos nós passa os seus dias a preocupar-se com situações que podem ocorrer no futuro, por muito improváveis que possam ser, ou então vivem compenetrados em situações que nos remetem ao passado. O presente, esse fica colocado de parte, quando é aquilo que mais importa. Ambos, o passado e o futuro, são constituídos por momentos vividos no presente. E, por isso todos nós deveríamos dar muito mais atenção a ele. Olharmos para cada coisa com olhos diferentes, não apenas por olhar, mas sim apreciar as coisas no seu todo. Porque até a simples calçada que pisamos todos os dias merece ser apreciada, e não vista como algo banal. E será a partir do momento em que começamos a viver o presente que nos sentimos mais leves connosco próprios, que as coisas começam a fluir naturalmente. E que sobretudo percebemos que cada momento do presente merece ser desfrutado como se fosse o último.

Mensagens